Free cookie consent management tool by TermsFeed

Utilize o teclado para navegar, com Ctrl + nº da tecla

  Menu   Conteúdo   Busca   Lei Geral de Proteção de Dados   Acessibilidade
  Fonte Maior   Fonte Maior   Fonte Padrão
  Cor Original   Contraste
Notícias

DATA DA SAÚDE: Gravidez na adolescência


Fonte: CIM CRF-PR
Data de publicação: 1 de fevereiro de 2024
Fotos: CRF-PR
Créditos: CIM CRF-PR

01_02_semana_nacional_de_prevenção_da_gravidez_na_adolescencia_site.png

A adolescência (10 a 20 anos incompletos) é um período de grandes transformações físicas e psíquicas como também rica em possibilidades, descobertas e novas experiências, portanto ações que envolvam informação, orientação sobre sexualidade e cuidados com a saúde são essenciais para a prevenção da gravidez não intencional, que impacta as condições de saúde dos adolescentes, seu desenvolvimento, e consequências na vida adulta.

Dados de 2019 mostraram que no Brasil, um em cada sete bebês foi filho de mãe adolescente. A cada hora nasceram 48 bebês, filhos de mães adolescentes. Um dado preocupante é o número de bebês com mães de até 14 anos que contabilizou 19.330 nascimentos, o que significa que a cada 30 minutos, uma menina de 10 a 14 anos tornou-se mãe!

Das gravidezes que ocorreram na adolescência, 66% foram não intencionais, o que significa que a cada 10 adolescentes que engravidaram, 7 referiram ter sido “sem querer”.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a gestação nesta fase é uma condição que eleva a prevalência de complicações para a mãe, para o feto e para o recém-nascido, além da possibilidade de agravamento de problemas socioeconômicos já existentes. Para a adolescente gestante, por exemplo, existe maior risco de mortalidade materna. Já para o recém-nascido, o risco aumenta para anomalias graves, problemas congênitos ou traumatismos durante o parto (asfixia, paralisia cerebral, entre outros).

Diversos fatores concorrem para a gestação na adolescência. No entanto, a desinformação sobre sexualidade, sobre direitos sexuais e reprodutivos é o principal motivo. Questões emocionais, psicossociais e contextuais também contribuem, inclusive para a falta de acesso à proteção social e ao sistema de saúde, incluindo o uso inadequado de contraceptivos.

A Semana Nacional de Prevenção da Gravidez na Adolescência, realizada anualmente na semana de 01-08 de fevereiro, tem o objetivo de disseminar informações sobre medidas preventivas e educativas que contribuam para a redução da incidência da gravidez na adolescência não intencional.

Medidas de prevenção da gravidez na adolescência incluem:

  • Orientação sobre planejamento familiar, Direitos Sexuais e Direitos Reprodutivos;
  • Desenvolvimento de ações para meninos e meninas adolescentes, abordando temas como: responsabilização dos meninos na prevenção da gravidez; estupro de vulnerável; consentimento; consequências de uma gestação na adolescência, métodos contraceptivos; dupla proteção; importância de conhecer o seu corpo; respeitar suas vontades, afetividade e projetos de vida.
  • Disponibilização de métodos contraceptivos ajustados às necessidades e planos de cuidados de cada pessoa, inclusive de anticoncepção de emergência e DIU;
  • Ampliação do acesso aos preservativos (feminino e masculino) por livre demanda.

 

 

Referências:

BRASIL. Ministério da Saúde. Biblioteca Virtual em Saúde. 01 a 08/02 – Semana Nacional de Prevenção da Gravidez na Adolescência. Disponível em: <https://www.gov.br/saude/pt-br/assuntos/saude-de-a-a-z/s/saude-do-adolescente/publicacoes/semana-nacional-de-prevencao-da-gravidez-na-adolescencia>. Acesso em 24 jan. 2024.

BRASIL. Ministério da Saúde. Biblioteca Virtual em Saúde. Semana Nacional de Prevenção da Gravidez na Adolescência – 01 a 08/02. Disponível em: <https://bvsms.saude.gov.br/semana-nacional-de-prevencao-da-gravidez-na-adolescencia-01-a-08-02/>. Acesso em 24 jan. 2024.

BRASIL. Ministério da Saúde. Nota técnica nº 4/2023-CACRIAD/CGIRAS/DGCI/SAPS/MS. Disponível em: <https://www.gov.br/saude/pt-br/assuntos/saude-de-a-a-z/s/saude-do-adolescente/publicacoes/semana-nacional-de-prevencao-da-gravidez-na-adolescencia>. Acesso em 24 jan. 2024.

BRASIL. Ministério da Saúde. Saúde dos adolescentes. Gravidez na adolescência: saiba os riscos para as mães e bebês e os métodos contraceptivos disponíveis no SUS. Disponível em: <https://www.gov.br/saude/pt-br/assuntos/noticias/2023/fevereiro/gravidez-na-adolescencia-saiba-os-riscos-para-maes-e-bebes-e-os-metodos-contraceptivos-disponiveis-no-sus>. Acesso em 24 jan. 2024.

 

>> LIVE:

 

 

Com o objetivo de orientar os farmacêuticos sobre a gravidez na adolescência, o CRF-PR realizará uma live no próximo dia 06/02, abordando o tema: "O Papel do Farmacêutico na Prevenção da Gravidez na Adolescência".

A palestra está agendada para o dia 06/02 (terça-feira) às 10h.

Saiba mais em: https://crf-pr.org.br/evento/view/2384

 

 

 

 


newspaper
Recurso de Auto Infração

Recurso de Auto Infração

content_copy
Cópia de PAF

Cópia de PAF

history
Alteração de Horário

Alteração de Horário

folder
Registro

Registro

upload_file
Baixa de Responsabilidade Técnica

Baixa de Responsabilidade Técnica

sync
IRT

Ingresso de Responsabilidade Técnica.




Redes Sociais

topo